Em Português  In English
Pistola alemã P-38
Página PrincipalIntrodução da Segunda Guerra MundialHolocausto na Segunda Guerra MundialBiografias da Segunda Guerra MundialEventos da Segunda Guerra MundialArmamento da Segunda Guerra MundialMultimédia da Segunda Guerra Mundial

Declaração de Guerra dos EUA ao Japão

// Informação sobre o pedido de declaração de guerra dos Estados Unidos contra o Japão.

O Senado e a Casa dos Representantes aprovou a declaração de guerra quase por unanimidade - a congressista pacifista Jeannette Rankin de Montana já se tinha tornado o primeiro membro do Congresso a votar não na declaração de guerra à Alemanha e agora na declaração de guerra ao Japão. Finalmente, às 4 e 10 da tarde, Roosevelt assinou a declaração de guerra ao Japão.
 


  «Resolução conjunta declarando que um estado de Guerra existe entre o Governo Imperial do Japão e o Governo e o povo dos Estados Unidos e tomada de medidas para proceder da mesma forma.

Visto que o Governo Imperial do Japão cometeu actos de guerra não provocados contra o Governo e o povo dos Estados Unidos da América:

Será pois Determinado pelo Senado e Casa dos Representantes dos Estados Unidos da América em Congresso acordado, Que o estado de guerra entre os Estados Unidos e o Governo do Japão que foi imposto aos Estados Unidos está pois formalmente declarado; e que o Presidente está por este meio autorizado e designado a empregar todas as forças navais e militares dos Estados Unidos e os recursos do Governo para levar a cabo a guerra com o Governo Imperial do Japão; e, para levar o conflito a um fim bem sucedido, todos os recursos do país estão pois garantidos pelo Congresso dos Estados Unidos.

Aprovado, 8 de Dezembro de 1941, 16:10 E.S.T.»


Três dias mais tarde, a 11 de Dezembro, ambos os aliados do Japão, Alemanha e Itália, declaram guerra aos Estados Unidos. O Congresso Norte-Americano responde imediatamente declarando guerra aos mesmos.

Anterior 2/2 Próxima
 Veja o texto completo do artigo.

Fonte:
Franklin D. Roosevelt Presdential Library and Museum


 » Classif.: 
 »  2,76 (97 votos)

Comentários
Código da Validação:




Código da ValidaçãoRefrescar Código

» Regras de Utilização
[Fechar]
Celso Carlos
17 de April 2013 às 14:44:21
» Responder
» Permalink
Não à Guerra. Celso Carlos
Henrique
19 de April 2013 às 12:26:24
» Responder
» Permalink
Ainda houve quem votasse contra o contra ataque. Iria cometer um erro fatal. Assim é no Brasil. Há quem vote contra a pena de morte e prisão perpétua. Erro fatal.
Dario Giordano
17 de December 2013 às 08:14:34
» Responder
» Permalink
Obrigado pela ajuda. Precisava de um modelo de declaração de guerra para meu livro O ÚLTIMO MENSAGEIRO DE DEUS. Lançamento fins janeiro em Balneário Camboriú, SC
vinicius
17 de July 2015 às 13:09:09
» Responder
» Permalink
bom seria si pudesse poupar as vidas inocentes
Anterior 1/1 Próxima
TextoMultimédia da Segunda Guerra MundialLoja
Anterior 1/4 Próxima
Opções
Tamanho da letra » A+ / a- Imprimir » Imprimir
Comentar » Comentar Ver Comentários » Ver Comentários
Newsletter
Loja
  Amazon.com

  ebay.com

Estatísticas

Números do Site:
#Artigos: 187
#Multimédia: 772
#Cronologia: 538
Comentários