Carta de Gandhi para Hitler

// O que é que um manifestante pacifista icónico e facilmente o homem mais odiado em toda a história humana tem a ver com o outro? A resposta é simples: um apelo que nunca foi ouvido.


// 
Enquanto as tensões presentes na Europa após a ocupação da Checoslováquia por parte da Alemanha, Mohandas Gandhi, o famoso líder pacifista do movimento de independência da Índia, escreveu um apelo claro e conciso a Hitler para evitar a guerra, mas nunca chegou ao seu destinatário por causa de uma intervenção do governo britânico. Pouco mais de um mês depois, o mundo olhava com horror quando a Alemanha invadiu a Polónia.
 
Caro amigo,
 
Amigos têm-me pedindo para lhe escrever para o bem da humanidade. Mas eu tenho resistido ao pedido deles, por causa do sentimento de que qualquer carta de mim seria uma impertinência. Algo me diz que não devo calcular e que eu tenho que fazer o meu apelo para o que pode valer a pena.
 
É bastante claro que você é hoje a única pessoa no mundo que pode impedir uma guerra que pode reduzir a humanidade ao estado selvagem. Você tem que pagar o preço de um objecto por mais merecedor que seja? Você vai ouvir o apelo de alguém que celibatáriamente [sic ] evitou o método da guerra sem sucesso considerável? De qualquer forma eu antecipo o seu perdão, se eu errei ao escrever-lhe.
 
Eu permaneço,
Seu sincero amigo
M.K.Gandhi