Georgi Konstantinovich Zhukov

1896-1974

// Biografia de Zhukov.


// 

Zhukov aderiu aos bolcheviques e alistou-se no Exército Vermelho em 1918, tendo comandado um regimento de cavalaria na Guerra Civil (1918-1920). O seu exército derrotou as forças japonesas na Mongólia (1939).

Teve a função de marechal da União Soviética durante a Segunda Grande Guerra e ministro da defesa (1955-1957). Na qualidade de chefe do estado-maior a partir de 1941, defendeu Moscovo em 1941, contra-atacou Estalinegrado (actualmente Volgogrado) em 1942, organizou o salvamento de Leninegrado (actualmente São Petersburgo) em 1943 e liderou a ofensiva a partir da Ucrânia em Março de 1944, que terminou com a queda de Berlim.

No final da Segunda Grande Guerra, chefiou a delegação aliada que recebeu oficialmente a rendição alemã e, logo de seguida, comandou as forças de ocupação soviéticas na Alemanha. Sob o regime de Khrushchev, foi denunciado, em 1957, por obstrução ao trabalho do partido e por encorajar um culto a si próprio; foi, no entanto, novamente reabilitado em 1965.