Em Português  In English
Selo com busto de Adolf Hitler
Página PrincipalIntrodução da Segunda Guerra MundialHolocausto na Segunda Guerra MundialBiografias da Segunda Guerra MundialEventos da Segunda Guerra MundialArmamento da Segunda Guerra MundialMultimédia da Segunda Guerra Mundial

Descobertas 80 bombas japonesas da Segunda Guerra Mundial.

// Notícia sobre o facto de terem sido descobertas 80 bombas japonesas do tempo da Segunda Grande Guerra.

Foram encontradas oitenta bombas japonesas da Segunda Guerra Mundial numa cidade chinesa.

As bombas foram descobertas a 3 de Setembro (de 2003) na cidade de Heze na província de Shandong. Os especialistas chineses confirmaram que as bombas foram abandonadas pelos invasores japoneses durante a segunda guerra mundial, segundo a agência de notícias Xinhua.

As oitenta bombas foram descobertas por trabalhadores de construção civil na altura em que estavam a escavar canais de drenagem.

Os engenhos foram removidos depois dos especialistas determinarem que correspondiam a armas convencionais e não a armas químicas (segundo a agência Xinhua), apesar da existência de caracteres japoneses claramente visíveis.


 
A China tem vindo a pressionar o Japão a relembrar a respectiva agressão em tempo de guerra e remover as milhares de armas abandonadas depois de uma pessoa ter morrido e mais de 30 terem ficado feridas no mês de Agosto devido ao gás mostarda libertado por uma bomba japonesa.

Uma fonte diplomática japonesa em Pequim referiu na primeira semana de Setembro que Tóquio aceitou financiar e organizar o programa chinês de cerca de um bilião de euros para a remoção das armas químicas, sendo que o problema seria encontrar essas mesmas armas.

A ocupação japonesa do território chinês antes e durante a Segunda Guerra Mundial continua a ser uma constante fonte de tensão entre os dois países. O Japão estima que foram abandonadas mais de 700.000 armas químicas.

No entanto, os especialistas chineses dizem que ainda se encontram enterradas cerca de 2 milhões de armas, fazendo da China o país do mundo com o maior número de armas químicas abandonadas.


Fonte:
Agence France-Presse


 » Classif.: 
 »  2,47 (32 votos)

Comentários
Código da Validação:




Código da ValidaçãoRefrescar Código

» Regras de Utilização
[Fechar]
TextoMultimédia da Segunda Guerra MundialLoja
Opções
Tamanho da letra » A+ / a- Imprimir » Imprimir
Comentar » Comentar Ver Comentários » Ver Comentários
Newsletter
Loja
  Amazon.com

  ebay.com

Estatísticas

Números do Site:
#Artigos: 187
#Multimédia: 772
#Cronologia: 538
Comentários