Em Português  In English
Medalha Estrela de Bronze
Página PrincipalIntrodução da Segunda Guerra MundialHolocausto na Segunda Guerra MundialBiografias da Segunda Guerra MundialEventos da Segunda Guerra MundialArmamento da Segunda Guerra MundialMultimédia da Segunda Guerra Mundial

Fotógrafo de Iwo Jima morreu aos 94 anos.

// Notícia sobre o facto do fotógrafo de Iwo Jima ter morrido.

O foto-jornalista e prémio Pulitzer Joe Rosenthal, que tirou a famosa imagem da Segunda Guerra Mundial dos soldados a hastear uma bandeira americana em Iwo Jima, morreu no Domingo (20 de Agosto de 2006) com 94 anos de idade em São Francisco de causas naturais, de acordo com a sua filha.

Rosenthal capturou para a Associated Press (AP) uma imagem a preto e branco de cinco Marines estafados pela batalha mas triunfantes a 23 de Fevereiro de 1945, ao quinto dia da batalha de 36 dias pela ilha estratégica de Iwo Jima a 1.200 km a Sul de Tóquio e que fez perder a vida a 6.800 soldados norte-americanos e quase 21.000 defensores japoneses. A cena capturada por Rosenthal mostra o segundo hastear de bandeira no Monte Suribachi nesse dia. A primeira bandeira foi considerada muito pequena.

A famosa foto tornou-se num modelo do Memoria a Iwo Jima perto do Cemitério Nacional de Arlington na Virginia. O memorial, dedicado em 1954 e conhecido oficialmente por Memorial de Guerra do Corpo de Marines, homenageia os Marines que morreram tomando a ilha do Pacífico na Segunda Guerra Mundial.

Dez anos depois do hastear, Rosenthal escreveu que ele quase que não foi até ao cume quando soube que a bandeira tinha já sido hasteada. Ele decidiu subir mesmo assim, e descobriu soldados a preparar para colocar uma segunda e maior bandeira.

Do canto do meu olho, eu vi os homens a começar a hastear a bandeira. Eu balancei a minha câmara e capturei a cena. Foi assim que a fotografia foi tirada, e quando tu tiras uma fotografia como essa, tu não vens dizer que tiraste uma grande foto. Tu não sabes.

Milhões de americanos viram essa foto cinco ou seis dias depois de a ter feito, e quando ouvi falar sobre ela, eu não tinha ideia que fotografia era.


  Rosenthal referiu que dias mais tarde, quando um colega o congratulou pela fotografia, ele pensou que se referia à que tinha tirado aos Marines acenando e festejando na base da bandeira. Ele acrescentou que se tivesse feito posarem para a fotografia, tal como alguns cépticos sugeriram ao longo dos anos, Eu teria-a, com certeza, estragado ao escolher menos homens e certificando-me que as suas caras pudessem ser vistas.

A foto da AP rapidamente se tornou assunto para posters, propaganda e num selo postal norte-americano.

Rosenthal nasceu em 1911 em Washington, D.C. Escolheu fotografia como passatempo. Com o decurso da Depressão, Rosenthal mudou-se para São Francisco, vivendo com um irmão até ter arranjado um trabalho com uma Associação de Empresas dos Jornais em 1930.

Em 1932, Rosenthal juntou-se ao antigo jornal Notícias de São Francisco como repórter e fotógrafo. Depois de algum tempo com a ACME Newspictures em São Francisco em 1936, Rosenthal tornou-se chefe da agência The New York Times-Wide World Photos de São Francisco.

Rosenthal começou a trabalhar para a AP em São Francisco quando a cooperativa de notícias comprou a Wide World Photos. Depois da Marinha Mercante, ele regressou para a AP e foi enviado para cobrir as áreas de batalha em 1944. A sua primeira missão foi na Nova Guiné, e também cobriu a invasão de Guam antes de ter tirado a famosa foto em Iwo Jima.

Rosenthal deixou a AP mais tarde em 1945 e juntou-se à Chronicle de São Francisco, onde trabalhou como fotógrafo nos 35 anos antes de se reformar.

22 de Agosto de 2006


Fonte:
USA Today


 » Classif.: 
 »  2,49 (45 votos)

Comentários
Código da Validação:




Código da ValidaçãoRefrescar Código

» Regras de Utilização
[Fechar]
TextoMultimédia da Segunda Guerra MundialLoja
Anterior 1/4 Próxima
Opções
Tamanho da letra » A+ / a- Imprimir » Imprimir
Comentar » Comentar Ver Comentários » Ver Comentários
Newsletter
Loja
  Amazon.com

  ebay.com

Estatísticas

Números do Site:
#Artigos: 187
#Multimédia: 772
#Cronologia: 538
Comentários