Em Português  In English
Pistola alemã P-38
Página PrincipalIntrodução da Segunda Guerra MundialHolocausto na Segunda Guerra MundialBiografias da Segunda Guerra MundialEventos da Segunda Guerra MundialArmamento da Segunda Guerra MundialMultimédia da Segunda Guerra Mundial

Japão e Rússia acordam em retomar as negociações de paz depois de 58 anos de tensão.

// Finalmente, depois de 58 anos, parece que as tensões criadas com a Segunda Guerra Mundial entre a Rússia eo Japão vão ser discutidas.

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Sergei Lavrov sugeriu ao chanceler japonês, Fumio Kishida que ambos os países devem trabalhar juntos nos esforços para resolver as suas disputas em curso sobre território e continuar as negociações de paz. Lavrov também disse que eles deveriam encontrar um terreno comum num esforço para lidar com a instabilidade que assola a península coreana.
 
Lavrov e a sua comitiva de oficiais da defesa russa chegaram ao Japão a 1 de Novembro para iniciar as reuniões que tentam melhorar as relações entre os dois países. Rússia e Japão estão às "turras" desde o fim da Segunda Guerra Mundial. As reuniões vão resolver as questões relativas à soberania de ilhas que ficam ao norte de Hokkaido no Japão.
 
A disputa sobre a posse dessas ilhas já dura há quase 58 anos e tem sido a principal razão pela qual os dois países não foram capazes de assinar um tratado de paz.
 
O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe e o presidente russo, Vladimir Putin, reuniram-se em Moscovo para continuar as negociações para a assinatura de um tratado de paz, durante uma reunião realizada no final de Abril.
 
O Brics Post informa que o ministro dos Negócios Estrangeiros japonês, Fumio Kishida fez um anúncio à imprensa afirmando: "Hoje, o ministro Lavrov e eu concordámos que as nossas duas nações realizarão conversações ao alto nível vice-ministerial algures entre o final de Janeiro e o início de Fevereiro."

 
 
Durante estas negociações de paz, os dois também discutiram formas de aumentar as trocas defensivas, desenvolver estratégias semelhantes de anti-terrorismo e anti-pirataria. Também concordaram em cooperar em coisas como força económica, segurança (que inclui o cyber bullying) e trocas inter-pessoais.
 
"A relação Rússia-Japão nos últimos tempos tem tido uma atmosfera positiva, o que nos permite retomar as discussões sobre [o tratado de paz] ", disse Lavrov aos jornalistas.
 
Sergei Shoigu, o ministro da Defesa russo, chegou a dizer que ele iria levantar a questão do sistema de defesa antimísseis japonês/americano. Shoigu afirma que esta aliança é uma fonte de tensão na região da Ásia-Pacífico.
 
O ministro russo, Sergey Lavrov, disse: "Estas reuniões não são um formato que poderia causar problemas para a relação Japão-EUA. E esperamos que a relação Japão-EUA não se iria colocar no caminho de cooperação com a Rússia. Quando criamos relações de amizade com uma entidade, nós não o fazemos para antagonizar outra."
 
Os dois países vão continuar as negociações em Moscovo na próxima Primavera.

Fonte:
WarHistoryOnline.com


 » Classif.: 
 »  3,01 (315 votos)

Comentários
Código da Validação:




Código da ValidaçãoRefrescar Código

» Regras de Utilização
[Fechar]
TextoMultimédia da Segunda Guerra MundialLoja
Opções
Tamanho da letra » A+ / a- Imprimir » Imprimir
Comentar » Comentar Ver Comentários » Ver Comentários
Newsletter
Loja
  Amazon.com

  ebay.com

Estatísticas

Números do Site:
#Artigos: 187
#Multimédia: 772
#Cronologia: 538
Comentários