Em Português  In English
Balas japonesas Arisaka 6.5x50mm
Página PrincipalIntrodução da Segunda Guerra MundialHolocausto na Segunda Guerra MundialBiografias da Segunda Guerra MundialEventos da Segunda Guerra MundialArmamento da Segunda Guerra MundialMultimédia da Segunda Guerra Mundial

Festa de Natal Nazi de 1941

// Pelas fotos da LIFE de uma festa Nazi de Natal de 1941, pudemos constatar que essa festa deve ter sido uma das piores de sempre.

Dezembro 1941 não era um bom momento para Adolf Hitler - e pode ver isso no seu rosto nestas notáveis fotos coloridas tiradas pelo seu fotógrafo oficial, Hugo Jaeger. Era suposto a guerra estar terminada nessa altura -, mas a campanha da Rússia estava-se transformando num fiasco e os americanos tinham agora entrado na guerra. Adolf, ao que parece, estava tendo dificuldades em entrar no espírito Natalício.
 
As fotos são definitivamente surreais - e até um pouco patéticas. Enquanto ele estava a agitar o mundo em violência, Hitler organizou uma festa de Natal para os seus generais em Munique. Na primavera anterior, quando a campanha russa foi lançada, ele tinha prometido a todos que a guerra estaria terminada no Natal. Em vez disso, ele teve que passá-lo com os seus generais, enquanto contemplava um futuro incerto.
 
As fotos fazem parte de um enorme conjunto de transparências coloridas feitas pelo fotógrafo pessoal de Hitler, Hugo Jaeger, e enterrado em frascos de vidro, nos arredores de Munique, em 1945, perto do fim da guerra. As tropas das forças aliadas em avanço para Berlim tinham quase descoberto as fotos durante uma pesquisa anterior de uma casa onde estava hospedado Jaeger (uma garrafa de conhaque em cima das transparências terá distraído as tropas) e Jaeger - justamente com medo de que as fotos serviriam como prova do seu próprio fervoroso nazismo - enterrou-os. Uma década mais tarde, ele exumou as imagens, 10 anos depois, vendeu-as à revista LIFE, que publicou um conjunto delas em 1970.

 
 
A legenda que acompanha uma foto da festa de Natal, que foi publicado pela LIFE em Abril de 1970 oferece uma possível explicação para a expressão triste de Hitler naquela foto (3ª foto):
"Em 1941, Hitler deu esta festa de Natal para os seus generais. Embora ele dominasse os seus oficiais e chegou a desprezá-los, Hitler nunca se sentiu à vontade socialmente com eles - eles tiveram melhores origens e educação. Ele nunca os convidou para jantar, ciente de que eles olhariam para os antigos companheiros que ele gostava de ter por perto."
Quanto aos pontos de vista religiosos do próprio Hitler, a evidência é conflitante: em declarações públicas, ele às vezes elogiou o cristianismo (uma vez chamando-lhe "o base da nossa moralidade nacional"), mas em conversas privadas - incluindo uma recordada pelo arquitecto oficial do Terceiro Reich, Albert Speer - o Führer terá dito que abominava a fé para o que ele considerava ser a sua "mansidão e flacidez." Hitler, no entanto, fervorosamente venerava uma coisa acima de tudo: a chamada raça ariana. E pelo tempo que Hugo Jaeger tirou as fotos vistas aqui, Hitler e Heinrich Himmler, comandante geral da SS, tinham articulado e lançado o seu plano para a criação de uma raça "dominante" - via, em grande parte, ao assassinato em massa dos judeus da Europa e outros "indesejáveis": a "Solução Final".
 
Anterior 1/2 Próxima
 Veja o texto completo do artigo.

Fonte:
LIFE


 » Classif.: 
 »  3,01 (315 votos)

Comentários
Código da Validação:




Código da ValidaçãoRefrescar Código

» Regras de Utilização
[Fechar]
TextoMultimédia da Segunda Guerra MundialLoja
Anterior 1/6 Próxima
Opções
Tamanho da letra » A+ / a- Imprimir » Imprimir
Comentar » Comentar Ver Comentários » Ver Comentários
Newsletter
Loja
  Amazon.com

  ebay.com

Estatísticas

Números do Site:
#Artigos: 187
#Multimédia: 772
#Cronologia: 538
Comentários