Em Português  In English
Pistola alemã P-38
Página PrincipalIntrodução da Segunda Guerra MundialHolocausto na Segunda Guerra MundialBiografias da Segunda Guerra MundialEventos da Segunda Guerra MundialArmamento da Segunda Guerra MundialMultimédia da Segunda Guerra Mundial

Destroços do submarino japonês (I-400) descoberto ao largo do Havai

// Os destroços de um dos maiores submarinos construídos (o japonês I-400) foram encontrados no Havai.

Cientistas descobriram um submarino japonês da Segunda Guerra Mundial na costa do Havai, uma maravilha tecnológica que se estava a prepar para atacar o Canal do Panamá, quando as forças norte-americanas o afundaram.
 
A classe de navio "Sen-Toku" de 120 metros - entre os maiores submarinos pré-nucleares já construídos, foi encontrado em Agosto, na costa sudoeste de Oahu e estava desaparecido desde 1946, de acordo com cientistas da Universidade do Havai em Manoa.
 
O I-400 e seu navio irmão, o I-401, que foi encontrado na ilha de Oahu, em 2005, eram capazes de viajar uma vez e meia à volta do mundo sem reabastecimento e poderia levar até três bombardeiros de asas dobráveis que poderiam ser lançados minutos depois a emergir, de acordo com cientistas.
 
A descoberta acidental de I-400 entre as rochas e detritos do fundo do oceano, a cerca de 700 metros abaixo da superfície resolveu o mistério de um navio que se pensava estar mais longe.
 

 
"Nós demos com isto ao olhar para outra coisa... É como assistir a um tubarão enquanto descansa", disse James  Delgado, pesquisador, a bordo do submergível Peixes V que viajou até aos destroços.
 
A Marinha dos EUA capturou cinco submarinos japoneses, incluindo o I-400, no final da Segunda Guerra Mundial e trouxe-os para Pearl Harbor para uma inspecção, disseram os cientistas nesta segunda-feira.
 
"Foi atingido por um torpedo e desabou parcialmente provocando um colapso com ângulo vertical" disse Delgado, arqueólogo da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA), que ajudou a financiar o mergulho.
 
As forças dos EUA afundaram o submarino e afirmaram desconhecer sobre a localização precisa, aparentemente numa tentativa de evitar que a sua tecnologia caísse nas mãos da União Soviética, que solicitou que os navios fossem devolvidos ao Japão.
 
A descoberta foi anunciada na segunda-feira (2 de Dezembro de 2013) depois da NOAA ter revisto as suas conclusões com o Departamento de Estado dos EUA e com funcionários do governo japonês.

Fonte:
Terra.es


 » Classif.: 
 »  3,01 (315 votos)

Comentários
Código da Validação:




Código da ValidaçãoRefrescar Código

» Regras de Utilização
[Fechar]
TextoMultimédia da Segunda Guerra MundialLoja
Anterior 1/3 Próxima
Opções
Tamanho da letra » A+ / a- Imprimir » Imprimir
Comentar » Comentar Ver Comentários » Ver Comentários
Newsletter
Loja
  Amazon.com

  ebay.com

Estatísticas

Números do Site:
#Artigos: 187
#Multimédia: 772
#Cronologia: 538
Comentários