Em Português  In English
7 de Dezembro de 1941 - Japão declara guerra aos Estados Unidos
Página PrincipalIntrodução da Segunda Guerra MundialHolocausto na Segunda Guerra MundialBiografias da Segunda Guerra MundialEventos da Segunda Guerra MundialArmamento da Segunda Guerra MundialMultimédia da Segunda Guerra Mundial

Homem Que Nunca Existiu: mistério da Segunda Guerra Mundial do marinheiro Tommy Martin pode ser resolvido pelo Governo Britânico

// A identidade do 'Homem que Nunca Existiu' poderá vir a ser revelada pelo Governo Britânico.

O governo britânico está sob pressão para revelar detalhes que poderiam apontam Hull (no Reino Unido) a um dos maiores mistérios da Segunda Guerra Mundial. O "Homem que Nunca Existiu" é o nome dado ao corpo usado num enredo espetacular para enganar os alemães sobre a invasão da Sicília na Segunda Guerra Mundial.
 
Mas ainda restam dúvidas sobre a verdadeira identidade do homem, que é creditado com a alteração do curso da Segunda Guerra Mundial, com uma crença crescente de que ele poderia ter vindo de Hull.
 
O deputado de Hull Leste Karl Turner definiu como objectivo a tentativa de estabelecer "além de qualquer dúvida razoável" se o "Homem que Nunca Existiu" era, na verdade, Tommy Martin, cuja casa estava em South Parade, Anlaby Road, Hull.
 
Ele disse: "Muitas pessoas em Hull querem saber além de qualquer dúvida razoável que este homem era o Tommy Martin de Hull.
Se fosse, então este homem precisa ser reconhecido e o papel que ele desempenhou na defesa Grã-Bretanha devidamente comemorado.
Tenho escrito ao Secretário de Estado da Defesa pedindo todas as informações relativas a este assunto.
Pedi por toda a documentação que diz respeito à investigação, que foi criada para estabelecer a verdadeira identidade deste homem.
Se eu acho que não há dúvida, vou estar pedindo ao Governo para reabrir a investigação, para estabelecer de uma vez por todas quem era este homem."
 

 
Tommy Martin foi morto quando uma explosão misteriosa destruíu o HMS Dasher em Firth of Clyde, a 27 de Março de 1943, matando 379 de sua tripulação, no que seria chamado de uma das maiores catástrofes da história naval britânica. Embora ele tenha sido oficialmente considerado morto, a sua história pode não ter terminado ali.
Durante 70 anos após Dasher ter sido destruído, o seu nome tem sido associado, por alguns pesquisadores e historiadores, a um dos maiores enganos jamais realizados em tempo de guerra.
 
O "Homem que Nunca Existiu" foi o nome popular dado a uma operação, lançada pelos serviços secretos britânicos, para levar os alemães a acreditar que os Aliados planeavam invadir a Europa através da Grécia e da Sardenha, quando, na verdade, o real objetivo era o desembarque na Sicília.
Oficialmente denominada de Operação Carne Picada (em inglês, Mincemeat), a trama para soltar um corpo de um submarino no mar levando documentação "secreta" sobre a invasão enganou os nazis e, posteriormente, levou à salvação de milhares de vidas Aliadas, abrindo o caminho para acabar com a guerra.
Desde que o corpo foi colocado no mar ao largo de Huelva, sul da Espanha - os alemães foram levados a crer que ele foi se chamava Major William Martin - a sua identidade permaneceu uma questão de debate.
A teoria mais popular diz que o Major Martin era um vagabundo de Welsh, Glyndwr Michael, de 34 anos, que morreu depois de beber veneno de rato.
Mas outros afirmam que, apesar de um registo oficial lançado em 1998 nomear "um vagabundo galês que morreu na miséria" , ele era , de facto, Thomas J Martin, de Hull.
 
Tommy, como a sua família o conhecia, era o irmão de Hazel Henrietta Condrun, que morreu em Março de 2013, em Scalby, perto de Scarborough.
O primo de Hazel, Jean Donkin, que vivia com o seu marido John, de 91 anos, em Welland Road, Hull, morreu recentemente, o último membro sobrevivente da sua família. O seu marido John acredita que há forte evidência para apoiar a crença de que o corpo que apareceu na Espanha foi a de Tommy Martin.
Sr. Donkin disse: "Se o corpo era o de Tom Martin, então nós em Hull devemos estar orgulhosos do facto e estar preparados para homenageá-lo de alguma forma."

Fonte:
HullDailyMail.co.uk


 » Classif.: 
 »  3,01 (315 votos)

Comentários
Código da Validação:




Código da ValidaçãoRefrescar Código

» Regras de Utilização
[Fechar]
TextoMultimédia da Segunda Guerra MundialLoja
Anterior 1/2 Próxima
Opções
Tamanho da letra » A+ / a- Imprimir » Imprimir
Comentar » Comentar Ver Comentários » Ver Comentários
Newsletter
Loja
  Amazon.com

  ebay.com

Estatísticas

Números do Site:
#Artigos: 187
#Multimédia: 772
#Cronologia: 538
Comentários