Em Português  In English
Granada de mão alemã
Página PrincipalIntrodução da Segunda Guerra MundialHolocausto na Segunda Guerra MundialBiografias da Segunda Guerra MundialEventos da Segunda Guerra MundialArmamento da Segunda Guerra MundialMultimédia da Segunda Guerra Mundial

Reino Unido

// Informações sobre o Reino Unido antes, durante e depois da guerra.

O Reino Unido já lutava há mais de dois anos quando o japoneses atacaram Pearl Harbor e tinha guarnições nas regiões da Malásia, Hong Kong, Shanghai, entre outras. O Reino Unido, sob o comando de Winston Churchill, tinha lutado a Alemanha e a Itália durante um ano sem o apoio de outro país. A guerra fez com que as forças armadas britânicas se focassem no problema imediato da guerra europeia, deixando as suas possessões no Pacífico sem o número suficiente de soldados, aviões, tanques, armas ou navios de guerra.

A perda dos navios HMS Prince of Wales e o HMS Repulse, chocaram Churchill e todos os domínios. A marinha real lutaria no mar de Java e no Oceano Índico, mas não iria executar operações ofensivas no Pacífico até Novembro de 1944.

Particularmente prejudicial ao esforço da guerra do Reino Unido no Norte de África foi a retirada apreçada das tropas australianas, que recuaram por forma a defender o porto de Darwin, uma vez que se suspeitava da sua invasão. Estas tropas foram enviadas para a Singapura, e capturadas com rendição de Percival.

A perda de Singapura por parte dos ingleses foi a pior derrota da história do Reino Unido, com centenas de milhares das tropas presas em cativeiro e em muitas delas mortas. O tratamento levado a cabo pelos japoneses aos prisioneiros de guerra Aliados não foi inteiramente conhecido até ao fim da Segunda Grande Guerra.


 
O efeito imediato do ataque japonês a Pearl Harbor foi o de trazer os Estados Unidos da América para a guerra. Como ficou assinalado na Carta do Atlântico de 1941, Churchill e Roosevelt queriam tratar primeiramente de Hitler e só então dos japoneses. As circunstâncias no Pacífico impediam que a maioria das forças americanas fossem enviadas para a Europa até ao ano de 1943.

Os britânicos enviaram uma força considerável que se juntou aos americanos na região do Pacífico, incluindo quatro porta-aviões com plataformas armadas, que requeriam menos manutenção após possíveis bombardeamentos do que os pertencentes aos americanos, cujas plataformas eram de madeira.

Tanto a Reino Unido, como os Estados Unidos, mobilizaram-se muito cedo para a produção de guerra. A principal frente de ataque considerava a Alemanha de Hitler o principal inimigo, mas não ignorava a prevista invasão das ilhas pertencentes aos japoneses.

O Reino Unido encontrava-se financeira e fisicamente devastada pela guerra, tendo emitido somente uma força simbólica para ocupar Japão.




 » Classif.: 
 »  2,97 (36 votos)

Comentários
Código da Validação:




Código da ValidaçãoRefrescar Código

» Regras de Utilização
[Fechar]
TextoMultimédia da Segunda Guerra MundialLoja
Opções
Tamanho da letra » A+ / a- Imprimir » Imprimir
Comentar » Comentar Ver Comentários » Ver Comentários
Newsletter
Loja
  Amazon.com

  ebay.com

Estatísticas

Números do Site:
#Artigos: 187
#Multimédia: 772
#Cronologia: 538
Comentários