Em Português  In English
Cruz de Cavaleiro de Cruz de Ferro com Folhas Douradas de Carvalho, Espadas e Diamantes
Página PrincipalIntrodução da Segunda Guerra MundialHolocausto na Segunda Guerra MundialBiografias da Segunda Guerra MundialEventos da Segunda Guerra MundialArmamento da Segunda Guerra MundialMultimédia da Segunda Guerra Mundial

Reino Unido

// Informações sobre o Reino Unido antes, durante e depois da guerra.

O Reino Unido já lutava há mais de dois anos quando o japoneses atacaram Pearl Harbor e tinha guarnições nas regiões da Malásia, Hong Kong, Shanghai, entre outras. O Reino Unido, sob o comando de Winston Churchill, tinha lutado a Alemanha e a Itália durante um ano sem o apoio de outro país. A guerra fez com que as forças armadas britânicas se focassem no problema imediato da guerra europeia, deixando as suas possessões no Pacífico sem o número suficiente de soldados, aviões, tanques, armas ou navios de guerra.

A perda dos navios HMS Prince of Wales e o HMS Repulse, chocaram Churchill e todos os domínios. A marinha real lutaria no mar de Java e no Oceano Índico, mas não iria executar operações ofensivas no Pacífico até Novembro de 1944.

Particularmente prejudicial ao esforço da guerra do Reino Unido no Norte de África foi a retirada apreçada das tropas australianas, que recuaram por forma a defender o porto de Darwin, uma vez que se suspeitava da sua invasão. Estas tropas foram enviadas para a Singapura, e capturadas com rendição de Percival.

A perda de Singapura por parte dos ingleses foi a pior derrota da história do Reino Unido, com centenas de milhares das tropas presas em cativeiro e em muitas delas mortas. O tratamento levado a cabo pelos japoneses aos prisioneiros de guerra Aliados não foi inteiramente conhecido até ao fim da Segunda Grande Guerra.


 
O efeito imediato do ataque japonês a Pearl Harbor foi o de trazer os Estados Unidos da América para a guerra. Como ficou assinalado na Carta do Atlântico de 1941, Churchill e Roosevelt queriam tratar primeiramente de Hitler e só então dos japoneses. As circunstâncias no Pacífico impediam que a maioria das forças americanas fossem enviadas para a Europa até ao ano de 1943.

Os britânicos enviaram uma força considerável que se juntou aos americanos na região do Pacífico, incluindo quatro porta-aviões com plataformas armadas, que requeriam menos manutenção após possíveis bombardeamentos do que os pertencentes aos americanos, cujas plataformas eram de madeira.

Tanto a Reino Unido, como os Estados Unidos, mobilizaram-se muito cedo para a produção de guerra. A principal frente de ataque considerava a Alemanha de Hitler o principal inimigo, mas não ignorava a prevista invasão das ilhas pertencentes aos japoneses.

O Reino Unido encontrava-se financeira e fisicamente devastada pela guerra, tendo emitido somente uma força simbólica para ocupar Japão.




 » Classif.: 
 »  2,74 (46 votos)

Comentários
Código da Validação:




Código da ValidaçãoRefrescar Código

» Regras de Utilização
[Fechar]
TextoMultimédia da Segunda Guerra MundialLoja
Opções
Tamanho da letra » A+ / a- Imprimir » Imprimir
Comentar » Comentar Ver Comentários » Ver Comentários
Newsletter
Loja
  Amazon.com

  ebay.com

Estatísticas

Números do Site:
#Artigos: 187
#Multimédia: 772
#Cronologia: 538
Comentários