Em Português  In English
Cruz de Cavaleiro de Cruz de Ferro com Folhas Douradas de Carvalho, Espadas e Diamantes
Página PrincipalIntrodução da Segunda Guerra MundialHolocausto na Segunda Guerra MundialBiografias da Segunda Guerra MundialEventos da Segunda Guerra MundialArmamento da Segunda Guerra MundialMultimédia da Segunda Guerra Mundial

URSS

// Informações sobre a URSS antes, durante e depois da guerra.

A União Soviética tinha lutado com o Japão na fronteira com a Manchúria. Um período de tréguas inquieto tinha existido desde Setembro de 1939, quando, em 1941, ambas as nações perceberam que a guerra na Europa significaria que teriam que proteger os seus interesses numa determinada região. Nessa altura, tanto a União Soviética como o Japão tinham um significativo número de tropas no Norte da China de modo a estarem preparadas para um ataque mútuo.

Quando os alemães estavam nos subúrbios de Moscovo durante o Inverno de 1941, os espiões de Estaline em Tóquio eram pressionados a relatarem o facto de algum ataque na fronteira entre a Rússia e a Manchúria estar a ser preparado por parte dos japoneses antes que as tropas estacionadas na Sibéria fossem enviadas para Oeste para uma ofensiva às tropas invasoras.

Os soviéticos internaram americanos e japoneses quando aterraram em território Soviético controlado. Quando Estaline declarou a neutralidade, este também se mostrava interessado em incorporar na guerra do Pacífico assim que Hitler fosse vencido. As perdas maciças no oeste impediram-no de o fazer até ao ano de 1945.


 
Dois dias após o lançamento da bomba atómica em Hiroshima, Estaline invade a Manchúria. O exército uma vez poderoso de Kwantung foi posto de lado enquanto as áreas principais perdidas na guerra entre a Rússia e o Japão foram retomadas. As forças soviéticas ocuparam igualmente a ilha de Sakhalin no norte do Japão.

Coreia foi separada em duas quando as forças aliadas e soviéticas concordaram no mês de Setembro de 1945 usar o paralelo 38 como linha de demarcação. Isto conduziria a uma guerra em 1950 entre os governos coreanos, patrocinados por seus oponentes respectivos na Guerra.

A União Soviética sofreu um imenso número de vítimas durante a Segunda Grande Guerra, a qual chamaram a Grande Guerra Patriótica. Apesar do número exacto de vítimas ser desconhecido, estima-se que 20 milhões de soldados e civis morreram em todas as frentes de guerra.




 » Classif.: 
 »  2,93 (30 votos)

Comentários
Código da Validação:




Código da ValidaçãoRefrescar Código

» Regras de Utilização
[Fechar]
TextoMultimédia da Segunda Guerra MundialLoja
Opções
Tamanho da letra » A+ / a- Imprimir » Imprimir
Comentar » Comentar Ver Comentários » Ver Comentários
Newsletter
Loja
  Amazon.com

  ebay.com

Estatísticas

Números do Site:
#Artigos: 187
#Multimédia: 772
#Cronologia: 538
Comentários